Página inicial > Publicações > LOPARIC, Zeljko

LOPARIC, Zeljko

sexta-feira 3 de outubro de 2014, por Equipe

1995: Descartes desconstruído", Cadernos de História e Filosofia da Ciência, v. 5, n. 1.

1995: "Hans Sluga: Haeidegger’s Crisis, Phylosophy and Politics in Nazi Germany"., Manuscrito, v. 18, n. 2.

1995: "Michel Haar: Nietzsche et la Métaphysique", Manuscrito, v. 19, n. 2.

1995: "Ética Neopragmática e Psicanálise", Percurso, n. 14.

1995: Ética e Finitude. São Paulo, EDUC.

1995: "Heidegger, um pensador ético?", Anais do XIII Congresso Interamericano de Filosofia , Bogotá, Colômbia.

1995: "Winnicott e Heidegger: afinidades", Boletim de Novidades, ano VIII, n. 69.

1995: "Winnicott e o pensamento pós-metafísico", Psicologia-USP, v. 6, n. 2.

1996: "Heidegger e a pergunta pela técnica", Colóquio Heidegger, v. 6, n. 2.

1996: "O ponto cego do olhar fenomenológico", O que nos faz pensar, v. 1, n. 10.

1996: "Sade: um pensador a ser levado a sério", Boletim de Novidades, v. 8, n. 86.

1996: "O fim da metafísica em Carnap e Heidegger". In: Festschrift em homenagem a Ernildo Stein. Petrópolis, Vozes.

1996: "Winnicott: uma psicanálise não-edipiana", Percurso, ano IX, n. 17, 2º semestre.

1997: "O Édipo de Freud a Bion", Boletim Científico, v. 18, n. 3.

1997: Descartes Heurístico. Campinas, IFHC.

1997: "A máquina no homem", Psicanálise e Universidade - Publicação do Núcleo de Estudos e Pesquisas em Psicanálise do Programa de Estudos Pós-Graduados em
Psicologia Clínica da PUC-SP, n. 7.

1997: "Winnicott a Melanie Klein: conflito de paradigmas" In: Catafesta, I. (org.) 1997: A clínica e a pesquisa no final do século: Winnicott e a Universidade. São
Paulo, Lemos Editorial.

1998: "Psicanálise: uma leitura heideggeriana", Veritas, v. 43.

1998: "Sobre a interpretação de Raws do fato da razão". In: Justiça como eqüidade: fundamentação e interlocuções polêmicas. Florianópolis, Insular.

1999: "Estudos recentes sobre a ética em Heidegger (resenha)", Natureza Humana, v. 1, n. 2.

1999: "O fato da razão - uma interpretação semântica", Analytica, v. 3, n. 2.

1999: "Origem e sentido da responsabilidade em Heidegger", Veritas, v. 40.

1999: "Heidegger’s Project of a Hermeneutic Anthropology", Anais do XIV Congresso Interamericano de Filosofia, México.

1999: "A teoria winnicottiana do amadurecimento pessoal", Infanto, v. 7, suplemento 1.

1999: "O conceito de Trieb na psicanálise e na filosofia alemã". In: Filosofia e Psicanálise: um diálogo. São Paulo, EDIPUC.

1999: "Heidegger and Winnicott", Natureza Humana, v. 1, n. 1.

1999: "É dizível o inconsciente?" Natureza Humana, v. 1, n. 2.

2000: Heideggerov Nacrt Hermenetcke Antropologie", Folozofska Istrazivanja, Croácia, v. 20, n. 4

2000: "Os princípios de bivalência e do terceiro excluído em Kant", Studia Kantiana, v. 2

2000: "Sobre a ética em Heidegger e Wittgenstein", Natureza Humana, v. 2, n. 1.

2000: A semântica transcendental de Kant. Campinas, CLE-Unicamp, v.1.

2000: "Ética da Finitude". In: Manfredo A. de Oliveira

(org.) Correntes fundamentais da ética contemporânea. Rio de Janeiro, Vozes.

2000: "A moralidade e o amadurecimento", Atas do IX Encontro Latino-Americano sobre o pensamento de D. W. Winnicott, Rio de Janeiro - RJ.

2000: "O ’animal humano’", Natureza Humana, v. 2, n.2.

2000: "Os problemas éticos do tratamento da deficiência física", Boletim de Psicologia, USP.

2001: "Além do inconsciente: sobre a desconstrução heideggeriana da psicanálise", Natureza Humana, v. 3, n. 1.

2001: "Esboço do paradigma winnicottiano". Cadernos de História e Filosofia da Ciência, v. 11, n. 2.

2001: "Acerca da sintaxe e da semântica dos juízos estéticos", Studia Kantiana, v. 5, n. 1.

2001: "Theodor Lipps, uma fonte esquecida do paradigma freudiano", Natureza Humana, v. 3, n. 2.

2001: "Ética originária e práxis racionalizada", Manuscrito.

2002: " Winnicott’s Paradigm Outlined", Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental, v. 5, n. 1.

2002: "Breve nota sobre Heidegger como leitor de Jünger", Natureza Humana, v. 4, n. 1.

2002: "Binswanger, leitor de heidegger: um equívoco produtivo?", Natureza Humana, v. 4, n. 2.

2002: "Peter Sloterdijik 2001: Nicht gerettet. Versuche nach Heidegger", Natureza Humana, v. 4, n. 2.

2002: "A semântica kantiana das idéias práticas". Actas del X Congresso Nacional de Filosofia (Huerta Grande, 1999). Córdoba, AFRA.

2002: A semântica transcendental de Kant. Campinas, Ed. Campinas:Unicamp, CLE, 2ª ed.

2003: "De Kant a Freud: um roteiro", Natureza Humana, v. 5, n. 1.

2003: Sobre a responsabilidade. Porto Alegre, EDIPUCRS.

2003: "O masculino e o feminino: a redescrição winnicottiana da sexualidade". Revista latinoamericana de psicopatologia fundamental. São Paulo: Escuta.

2003: "As duas metafísicas de Kant". EDIPUCRS. Porto Alegre.

2003: "O problema fundamental da semântica jurídica de Kant". Festschrift em homenagem a Oswaldo Porchat. CLE, Unicamp. Campinas - SP.

2003: Winnicott e o pensamento pós-metafísico. São Paulo: Editora Escuta.

2003: Ética e finitude. São Paulo, Editora Escuta. 2ª edição.

2004: Dizendo a verdade podemos ser intolerantes? ,. CD ROM do XV Congresso Inter-Americano de Filosofia, Lima (Peru), Lima (Peru), 2004

2004: A linguagem objetificante e não-objetificante em Heidegger . CD ROM do III Colóquio do Círculo Latino-Americano de Fenomenologia (CLAFEN), Lima (Peru), Lima (Peru), 2004.

2004: Kant, uma revolução ainda em curso . A Tarde, Supl. Cultural, São Paulo, p. 11-12, 2004.

2004: Heidegger. 1. ed. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2004. 88 p.

2005: Elementos da teoria winnicottiana da sexualidade . Revista Natureza humana, São Paulo, v. 6, 2005.

2005: Lacan passado a limpo . Revista Natureza Humana, São Paulo, v. 6, 2005.

2005: Winnicott: poeta ou cientista? . Revista Natureza Humana, São Paulo, v. 6, 2005.